(Português) É a pobreza, senhores!

  15 NOV 2019   Admin   0

(Português) Uns com relógio no pulso, outros com horas sempre disponíveis no mostrador de um qualquer gadget, ninguém faz parar o tempo que se escoa num combate sem tréguas entre o Amor e a Morte, entre as forças do Bem e as do Mal.

Read more

(Português) Um “Homem novo”. É grave?

  08 NOV 2019   Admin   0

(Português) Infinitas e indefinidas forças estão a moldar o nosso estar neste tempo de vésperas, de tal modo que nem sequer parece necessário fazer disso qualquer demonstração tal é já o impacto que “coisas novas”, inéditas, estão a ter no sulcar dos dias de cada qual.

Read more

(Português) O egoísmo que pensa nos outros

  01 NOV 2019   Admin   0

(Português) Ao encontrarmos um conhecido, ou amigo, surge normalmente, à laia de saudação, uma vulgar pergunta: “Então como está?” “Está tudo bem consigo?” A resposta, porém, não é relevante pois, afinal, o que quem pergunta quer é poder falar, logo, de si próprio, das suas angústias ou dos seus problemas e interesses quotidianos. O outro, e a sua circunstância, são, geralmente, um simples estribo para se desabafar e abrir o ego à compaixão ou ao reconhecimento desse outro para connosco.

Read more

(Português) A Política é para comer

  18 OUT 2019   Admin   0

(Português) A poesia de Natália Correia veio à mesa onde estava eu à procura de palavras para este escrito que havia de ser sobre os recentes dias à volta das eleições. E não é que, inopinadamente, por portas travessas, embora, veio a ser?

“Sou uma impudência a mesa posta
De um verso onde possa escrever
Ó subalimentados do sonho!
A poesia é para comer”

(Natália Correia/a defesa do poeta)

Read more

(Português) Jacques Chirac, um político total e universalista

  04 OUT 2019   Admin   0

(Português) Muito, mesmo muito para além de registar um óbito, deixar aqui um pensamento sobre o Presidente Jacques Chirac na circunstância humana em que “tudo” parece ter acabado, é, sobretudo, olhar o mundo dos últimos quarenta anos e, por aí, de algum modo, recordar como foi, e como fomos, nesse período em que alguns de nós se contruíram cívica e politicamente.

Read more

(Português) 175 589

  27 SEP 2019   Admin   0

(Português) Ao ler a notícia, uma visceral e indiscritível revolta tomou conta da minha vontade de escrever à rédea solta.

Que sociedade é esta, que povo somos nós, que convivem “alegremente” com as faltas por motivo de greves várias ao trabalho de médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico, assistentes operacionais – 175 589 DIAS durante o ano de 2018? Que Governo é este que tal permite e que oposição é aquela que o fomenta? Aonde chegaremos amanhã? Vale tudo?

Read more
  •   Rua de Ceuta, 118, 2º.
  •   4050-190 Porto
  •   +351 223 160 735
  •    +351 93 212 42 62
  •   antoniovilar@antoniovilar.pt
  •   avribeiro2013